Onde comer e beber?

No local onde será realizado o Bicicultura 2018, existe uma cafeteria. Todavia, nas ruas próximas à Praça Mauá, existem outras opções.

O bar/restaurante, nas fotos, está localizado em frente à praça, e fica aberto todos os dias para café da manhã, almoço e janta, funcionando até às 3h da madrugada ou, de acordo com o garçom, até o último cliente.

 

Bicifeira

A bicifeira já aconteceu na Praça Nelson Mandela, Praça Santos Dumont, Praça Saenz Peña e agora, durante o Bicicultura, na Praça Mauá. A ocupação do espaço público e a valorização das praças é uma das missões da Bicifeira, que busca promover o resgate social desses espaços, integrando a cultura e produção local com a comunidade.

Para participar, veja a disponibilidade através do email bicifeira@gmail.com

Mapa Pedal Afetivo

Os participantes do Bicicultura 2018 poderão expressar suas histórias com a bicicleta através do Mapa Pedal Afetivo, uma iniciativa da Jô Pereira que esteve presente no Bicicultura 2016, em São Paulo e agora retorna em 2018, com a proposta de realizar uma pesquisa qualitativa através de uma instalação lúdica e afetuosa com a bicicleta.

 

CaminhaRio

Thatiana Murillo, do movimento Caminha Rio, vai moderar a mesa “Pedestres em Pauta” que faz parte da programação do Bicicultura 2018.

Na foto, com o SuperAndo, personagem que luta por melhores condições das calçadas e cidades com mais infraestrutura para o deslocamento a pé.

Ciclomensageria

Tássia Furtado, de Porto Alegre, estará no Bicicultura 2018 falando sobre a Ciclomensageria.

Programação

Está no ar o Pré Programa do Bicicultura 2018, que acontecerá nos dias 8, 9 e 10 de Junho.

Clique na imagem abaixo para conhecer a grade completa.